EXPO: StackIt Bahrain

Hoje começa mais uma aventura pro outro lado do mundo, na verdade, no Oriente Médio na maior exposição de LEGO por lá organizada pela StackIt. No último ano a exposição foi um sucesso e esse ano tivemos a oportunidade de sermos convidados novamente para mais um evento gigante.

Bahrain é um pequeno país insular do Golfo Pérsico, com fronteiras marítimas com o Irão a nordeste, com o Qatar a leste e com a Arábia Saudita a sudoeste. A sua capital é Manama e as únicas formas de acesso ao país são por via aérea (via Dubai) ou via terrestre. Por ser um país desértico esperamos temperaturas entre 30º e 50º durante nossa estadia. Assim como Dubai, a cidade é cheia de arranha-céus magníficos, grandes praias e cidade impressionante.

Estarei levando robôs novos e ainda não divulgados por aqui, assim como alguns que já comecei a mostrar nos últimos posts. O Gui Constantino também estará lá e levará vários robôs que já foram expostos aqui no Brasil e o mais recente Robot Remix 4 que ele venceu na competição entre MCP’s.

Não deixem de acompanhar os vídeos diários da viagem e da exposição que teremos por lá. Espero que gostem!

Volto já!

LEGO Gauntlets

Olá galerinha do mal!
Nesse último protótipo, construí uma luva que poderia lançar objetos, agarrar coisas e seria uma ótima brincadeira entre as crianças. Porém, devido umas correrias pra próxima expo, tive que desmontar e construir outros projetos. Pra não ficar sem algum tipo de documentação, siga abaixo o vídeo do funcionamento dessa criação!

Audr3y – Planta Carnívora

Já que temos um novo projeto de exposição que será em breve revelado, novos projetos devem ser apresentados também para impressionar adultos e crianças. Baseando nesse preceito, me perguntei o que fizemos de diferente que chamou a atenção dos pequenos e acabou assustando um pouco os adultos também? Um dos projetos que mais gostei de ver em funcionamento foi a cobra chamada R3ptar.

Pensando no mesmo susto que a galerinha poderia tomar por não esperar algo de um brinquedo, tive a ideia de fazer a Audr3y, uma planta carnívora que é bem calminha, até alguém chegar perto dela…

Abaixo um vídeo simples e rápido e que ainda não é o oficial, farei um vídeo sobre ele em breve.

Espero que gostem, e aí o que acharam? vai dar um sustinho?

Desafio na EXPO LUGBRASIL 2017 – TRUCK TRIAL

DESAFIO TRUCK TRIAL

Olá camaradas, este é O verdadeiro desafio, aqui não tem cilada Bino!
Preparem seus caminhões para participar do desafio mais louco que vocês já participaram. Nada de ficar com construções paradas e expostas o dia todo, é aqui que separaremos os homens dos meninos! Quem tem o melhor controle sobre sua criação?

REGRAS:

O VEÍCULO
– TODOS os veículos devem se parecer com veículos reais, devem possuir o aspecto de um caminhão real
– TODAS as rodas devem ser movidas à motor, nenhuma deve ficar sem tração
– Serão aceitas construções com tração 4×4, 6×6 ou 8×8
– DEVEM possuir cabines com bancos e volantes (não precisam esterçar obrigatoriamente)
– PODEM possuir motores falsos para mostrar seu funcionamento
– TODAS as combinações de rodas poderão ser utilizadas contanto que sejam LEGO
– TODAS as funções devem ser controladas remotamente (troca de marchas, esterção e movimento)
– LARGURA máxima de 25 studs, COMPRIMENTO e ALTURA livres

SISTEMA ELÉTRICO
– TODOS os tipos de motores serão aceitos (PF, NXT, EV3 ou RC)
– APENAS baterias originais LEGO serão aceitas, nenhuma modificação será aceita
– Uso MÁXIMO de 2 motores XL para tração do veículo
– Uso MÁXIMO de 2 receptores PF
– Uso MÁXIMO de 2 baterias PF

PROIBIDO
– É proibido o uso de partes modificadas (cortes, colas, tintas, adesivos ou similares)
– É proibido o uso de quaisquer outras peças que não sejam LEGO (elásticos, cordas e tecidos serão aceitos apenas como elementos decorativos)
– O uso de suspensão ativa parcial ou inteira é proibida

PERCURSO
– As construções serão desafiadas a ultrapassar/transpor desafios como rampas (aclives/declives) fixas e móveis, cascalhos e barreiras.
– Para cada vez que o condutor precisar pegar/apoiar/levantar seu caminhão devido à queda/falta de tração uma penalidade de 5 segundos serão adicionados ao tempo total do condutor.
– Cada condutor terá um round teste e um round real para executar o percurso
– Aquele que cumprir por todo o desafio em menor tempo já com a adição das penalidades (se existirem), será o vencedor do DESAFIO TRUCK TRIAL!

PREMIAÇÕES:

SERÃO DIVULGADAS EM BREVE APÓS VERIFICAÇÃO COM ORGANIZAÇÃO
Provavelmente serão selecionados:
– Melhor (menor) tempo no cumprimento do percurso (já descontadas as penalizações)
– Melhor construção escolhida pelos visitantes

INSPIRAÇÃO:

Abaixo uma inspiração de cada cateogoria, sendo elas 8×8, 6×6 e 4×4.

2016 – Como foi o ano na comunidade Mindstorms?

O ano de 2016 foi cheio de atividades, construções eventos e muitos encontros interessantes. Não somente para mim que tive a oportunidade de conhecer vários lugares e pessoas bacanas, mas para toda a comunidade Mindstorms. Por isso mesmo, Baz chegou a criar esse excelente material mostrando o ano de 2016 e o envolvimento de todos os Mindstorms Members pelo mundo. Confira lá em novembro onde pudemos representar um pouquinho do que foi o evento em Dubai!

The IronMan project – Versão 2

Como parte do meu projeto mensal, quis criar um verdadeiro IronMan. OK, ele não vai sair por aí salvando famílias nos confins do mundo contra terroristas nem salvando o planeta por portais interdimensionais (ou será que sim?), mas poderá se movimentar utilizando da biomimética humana.

Calma aí, biomimética humana? Me explica isso aí Gui porque não entendi nada. Simples, estou criando um robô humanoide que imita os movimentos de alguém que está na frente dele. Agora ficou fácil né?

Com o advento da tecnologia e automação os androides, vai ficar cada vez mais comum encontrar nas indústrias e grande empresas alguns humanoides que estarão nos ajudando a executar tarefas de grande risco de vida, trabalhos manuais de peso, salvamento de pessoas em desabamentos e áreas perigosas, e quem sabe ainda, serão policiais e protetores do bem e da verdade (vide o filme Chapman, I Robot, AI entre tantos outros).

Baseado então no personagem dos quadrinhos, mas não somente nisso, fiz o primeiro protótipo indicado abaixo que tem apenas uma estrutura que se pareça com o personagem original.

A estrutura corporal lembra bastante o busto original e isso acabou servindo de ideia para saber se todos os motores e blocos caberiam dentro dele. Infelizmente o tamanho ainda era pequeno para suportar todos os sensores e motores para se alcançar toda a complexidade que gosto de adicionar. Por isso a versão 2 (logo abaixo) foi criada.

Nessa versão, temos 4 motores funcionais desempenhando o papel de movimento dos braços, sei que ainda está simples e sofrerá alterações, mas de qualquer forma, já funciona bem imitando os movimentos de seu operador. Uma cabeça enorme foi adicionada e poderá sofrer alterações, mas pelo que parece, vai ficar essa mesmo!

Quanto à programação, não vou dizer que seja a mais simples que já desenvolvi e de longe não é a mais complicada, mas é bem interessante e funcional, em breve adicionarei alguns vídeos pra ilustrar os movimentos e maiores detalhes sobre a biomimética utilizada. O que acham?

Espero que gostem, aguardo comentários!
Enjoy!

Brushing Teeth Machine

Eu realmente me divirto criando coisas diferentes por aí, e por isso, tive a ideia de criar a Brushing Teeth Machine no ano passado. Cheguei a ganhar um prêmio da Comunidade LEGO oficial no facebook pela criatividade. Bacana né?

Nessa primeira versão ela conseguiria escovar os dentes de forma simples mas funcional, ou seja, valeu o desafio! Até gostaria de fazer algumas modificações na máquina mas ficarão para uma próxima versão.

Imagino que você esteja louco pra conhecer essa maravilha da ciência não é mesmo?

Vale comentar que a reação é autêntica pois até então, só havia construído sem testar nada ainda. A ideia de levar uma pancada na boca era real. Quando vi que realmente funcionava, era felicidade pura! hahaha Bem, não deixe de compartilhar, curtir e me ajudar a fazer o canal crescer ok?
Enjoy!

 

Robocopa – 2016/2

Na escola em que trabalho (Robotica Dhel) à cada fim de semestre comemoramos o fim do cliclo apresentando aos pais e amigos o que foi desenvolvido em sala de aula. Nesse dia de comemoração, todos são convidados a trocar experiências apresentando o que aprenderam e como conseguiram transpor os desafios propostos.

Cada aluno possui uma visão diferente do problema pois enquanto trabalhamos com eles a capacidade de discutir em grupo, trabalhar com recursos limitados, desenvolver programações lógicas, liderar e desenvolver suas habilidades sociais eles ainda conseguem se divertir e mostrar soluções inovadoras pra cada desafio.

Nesse dia, os professores ficam como coadjuvantes, os alunos se transformam nos atores principais e os pais e amigos como platéia ativa. É nesse momento em que podemos ver que o mais tímido da sala se sobresai, que o mais “bagunceiro” se transforma em uma pessoa super séria e que consegue mostrar tudo aquilo pelo que eles tanto lutaram para construir.

Tive a oportunidade de demonstrar a Monster Fabrik na escola para poder mostrar e impulsionar os estudantes a extrapolarem suas construções e habilidades de planejamento. Nesse projeto, pude demonstrar toda a fábrica em modo funcional e ainda desenvolver algumas máquinas que já havia visto em indústrias e fábricas em que já trabalhei.

E é nesse clima de felicidade e dinamismo que gostaria de indicar algumas fotos do evento no site da escola Robotica Dhel e logo abaixo as fotos da fábrica que construí.

Espero que gostem.

D3lta Arm – Parte 2

Olá galerinha, bão demais?
Bem o projeto continua de vento em popa e começando a ganhar cada vez mais espaço, corpo e cores. Digo cores porque sim, gosto de diferenciar meus projetos por cores para garantir que a pessoa que está apenas conhecendo entenda que são feitos em módulos separados. Uma coisa muito importante desse projeto por ser feito por várias mãos é que precisamos ter ideia do que cada um está desenvolvendo, e por isso mesmo a comunicação é essencial.

Durante os últimos dias venho recebendo algumas peças que já havia encomendado e que finalmente chegaram para continuação do projeto. Dentre essas peças aguardadas temos motores NXT e sensores de toque NXT, que serão utilizados para movimentar os braços do Delta e para indicar o fim-de-curso quando estiverem sendo calibrados. As peças amarelas serão utilizadas para fazer o acabamento lateral do Delta, identificando-o como Yellow Module.


Agora que as coisas começaram a tomar forma, já dá pra avançar sobre a questão dos braços e programação que serão a segunda parte mais complicada. A última parte que ainda precisa ser testada, definida e finalizada é a questão da garra, mas essa ficará para a próxima parte. Por enquanto, fiquem com as fotos do D3lta Arm que já está ficando bonitão! 🙂

Monst3r Fabrik – Parte 1

Aprender a trabalhar em conjunto para conquistar algo grandioso para todos é algo que sempre procuro nas minhas atividades. Por isso mesmo, propus ao time de construtores Mindstorms/Technic da LUG Brasil  que pudéssemos apresentar ao público algo novo e nunca exposto até então nas terras tupiniquins. Sempre tive a vontade de representar alguns dos momentos que tive nas indústrias que trabalhei e por isso mesmo propus que apresentássemos ao público uma fábrica que movesse alguns blocos utilizando braços mecânicos, esteiras e outras traquitanas em um loop.

A ideia foi bem aceita e desde então estamos conversando frequentemente para poder apresentar a todos uma mini-fábrica com braços mecânicos com conceitos ainda não apresentados nas exposições no Brasil. O maior desafio com certeza será apresentar conceitos industriais utilizando peças de LEGO em sua construção. Fazer a imaginação fluir e apresentar o melhor possível do que existe nas fábricas do mundo todo.

Hoje o desafio de construir a fábrica está divida entre alguns dos melhores construtores Mindstorms/Technic do nosso grupo, esses são: Adriano Machado, Clayton Júnior, Daniel (Kiko), Guilherme Constantino, Ildefonso (Dudu) Zanette, Intentor, Wagner Cavalli e Gui Lima (eu).

Plano Monst3r Fabrik vs1

Como ideia base, apresentei o desenho acima onde é possível ver que existem dois braços mecânicos 1 e 2, algumas esteiras para movimentar os blocos e na posição três um braço Delta para organizar os blocos nas esteiras seguintes. Além de um loop onde todos os blocos seriam retro-alimentados para os braços 1 e 2 novamente.

O projeto cresceu e um novo desenho foi apresentado para o grupo, uma evolução do que pretendíamos executar. Muitos conceitos de movimentações foram discutidos até chegarmos na solução abaixo.

Plano Monst3r Fabrik vs2

Com o novo projeto, teríamos toda a transferência de blocos para retro-alimentação do projeto utilizando um trem de carga. O projeto ficaria amplamente técnico e com variações de movimentos. Além disso, um tipo de funil seria utilizado para separar os blocos por cor para que fossem movimentados por dois braços diferentes. O único problema desse novo projeto era a complexidade que estávamos encontrando para as soluções. Vários protótipos foram compartilhados entre a equipe porém precisávamos trabalhar com algo mais “pé no chão”.

Plano Monst3r Fabrik vs3

Com as novas atribuições de simplificar algumas tarefas, as funções foram realinhadas e o nome do projeto foi finalmente apresentado. Por mim, não poderia ser mais bacana do que Monst3r Fabrik. 🙂 A complexidade do projeto foi diminuída e o foco nas soluções foi alterado para que todos pudessem aplicar seu conhecimento/tempo/disponibilidade de solução e para garantir que todos os módulos fossem realizados com êxito.

Até o momento temos as seguintes responsabilidades definidas:

Braço 1 – 3 Axis Arm – Gui Lima
Braço 2 – 6 Axis Arm – Dudu
Braço 3 – Delta – Gui Lima
Esteira Saída do Delta – Gui Lima
Carrossel – ?
Trem de transporte – Clayton
Sistema de carregamento/descarregamento de blocos – Clayton

Mais novidades serão postadas em breve bem aqui, não perca!