Robocopa – 2016/2

Na escola em que trabalho (Robotica Dhel) à cada fim de semestre comemoramos o fim do cliclo apresentando aos pais e amigos o que foi desenvolvido em sala de aula. Nesse dia de comemoração, todos são convidados a trocar experiências apresentando o que aprenderam e como conseguiram transpor os desafios propostos.

Cada aluno possui uma visão diferente do problema pois enquanto trabalhamos com eles a capacidade de discutir em grupo, trabalhar com recursos limitados, desenvolver programações lógicas, liderar e desenvolver suas habilidades sociais eles ainda conseguem se divertir e mostrar soluções inovadoras pra cada desafio.

Nesse dia, os professores ficam como coadjuvantes, os alunos se transformam nos atores principais e os pais e amigos como platéia ativa. É nesse momento em que podemos ver que o mais tímido da sala se sobresai, que o mais “bagunceiro” se transforma em uma pessoa super séria e que consegue mostrar tudo aquilo pelo que eles tanto lutaram para construir.

Tive a oportunidade de demonstrar a Monster Fabrik na escola para poder mostrar e impulsionar os estudantes a extrapolarem suas construções e habilidades de planejamento. Nesse projeto, pude demonstrar toda a fábrica em modo funcional e ainda desenvolver algumas máquinas que já havia visto em indústrias e fábricas em que já trabalhei.

E é nesse clima de felicidade e dinamismo que gostaria de indicar algumas fotos do evento no site da escola Robotica Dhel e logo abaixo as fotos da fábrica que construí.

Espero que gostem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *