Belo Horizonte Mini Maker Faire

Durante a semana do dia 02/11 foi realizada aqui na capital das Minas Gerais vários eventos de tecnologia na FINIT. Durante esse encontro de tecnologias e eventos, tivemos a Campus Party MG, a Feira de tecnologia e a Mini Maker Faire onde tive o prazer de participar e divulgar um pouquinho do que gostamos tanto de fazer. Durante esse evento, meu companheiro de construções e eventos (Guilherme Constantino )também esteve por lá mostrando seus robôs e criações diferentes.

Quer conhecer um pouco mais sobre a feira e como foi? Acompanhe:

Noivinhos de Bolo feitos de LEGO

Tive a felicidade de poder construir algo que pudesse ser utilizado no meu casamento, essa construção em si, foi baseada na série BrickHeadz que foi inserida no último ano e já possui vários exemplos. Na série é possível ver desde personagens da Disney, Marvel e do filme da própria LEGO. Aproveitei algumas peças de vários dos tiles e bricks impressos para poder nos representar nessa versão de noivinhos para o nosso bolo. Agora mais do que nunca, está registrado na história do site e nas nossas vidas. Espero que gostem do resultado:

DELTA ARM – Parte 3

Olá pessoal,
Sei que estava devendo apresentar um pouco das funcionalidades do braço, então deixarei aqui o processo de criação, evolução e finalização do Delta. Essa superestrutura é capaz de movimentar os três motores simultaneamente a fim de alcançarem os pontos programados. O melhor de tudo é que eles podem ser acionados enquanto a garra abre ou fecha durante o seu percurso.

Durante o processo de criação, cheguei a publicar os posts 1 e 2 sobre essa construção, se ainda não viu, vale um click!

Hoje farei aqui um histórico sobre o que foi planejado e como foi alcançado esse resultado. Primeiramente precisamos então separar tudo o que foi desenvolvido, para isso, falarei aqui sobre a base, o braço, a garra e o eixo telescópico.

BASE

A base foi construída de forma simples e isométrica, para que o peso de toda sua estrutura mais o objeto que fosse pego pudessem se deslocar de forma mais estável possível. Quando construo não gosto de estruturas que balançam demais ou que não se suportam sozinhas.

Antes: Estrutura simples porém robusta, composta por suporte central e duas colunas verticais com pés largos para aumentar o ponto de equilíbrio.

Depois: Estrutura reforçada com painéis coloridos que aumentam o suporte para as estruturas internas, passagem de cabos por canaletas internas. Foram mantidos o suporte central e as duas colunas verticais. Cada coluna recebeu mais um painel de altura para suportar a estrutura. Pés receberam cobertura para compor melhor a criação.

BRAÇOS

Os braços foram criados em formato de Y, sendo assim, os três motores estão equidistantes entre si. Nessa fase foram verificados dois pontos muito importantes, o peso e seu intertravamento. A estrutura em si foi feita de forma a suportar o máximo de peso possível para garantir que as peças não se soltem ou que os braços trepidassem.

Antes: Estrutura física para suportar os motores era fraca, poderia se abrir facilmente se um tipo de movimento fosse utilizado. As estruturas dos braços eram grandes e seu alcance não era eficaz. O uso do motor central para garra ainda não havia sido implementado.

Depois: Estrutura física para suportar os motores foi refeita e reforçada para suportar qualquer tipo de movimento dos motores. Sensores de toque foram adicionados no final para criar um “fim de curso” para os braços. As estruturas dos braços foram refeitas para ficarem o mais leve e eficazes possível. O uso do motor central para garra foi implementado.

E aí, o que acharam, gostaram dessa criação? Deixem seus comentários!

Belo Horizonte vai receber a maior feira de invenções do mundo

Durante a Finit, a Mini Maker Faire vai desenvolver o espírito empreendedor de jovens e adultos. Inscrições para os trabalhos vão até 8 de setembro

Pela primeira vez em Minas Gerais, a Belo Horizonte Mini Maker Faire será realizada durante a FINIT, no Expominas.  O evento, que viaja o mundo, terá exibição de invenções de todo o tipo e atividades da Economia Criativa nas mais diversas áreas, como tecnologia, impressão 3D, ciências, artesanato, engenharia, design, música, robótica, artes e cultura.

O evento é destinado para o público de todas as idades. Entusiastas de tecnologia, artesãos, bandas de garagem, educadores, amadores, engenheiros, clubes de ciência, autores, artistas, estudantes e expositores comerciais. Todo esse público fará exposição de trabalhos e compartilhamento do que foi aprendido.

Maker Faire é um evento internacional que desperta o espírito inovador nos jovens 
Crédito: Divulgação/Facebook
Evento é realizado em várias partes do mundo e agora também em Belo Horizonte
Divulgação/Facebook

Quem pode participar?

Com as inscrições prorrogadas até 8 de setembro, qualquer pessoa com projetos e protótipos físicos relacionados a novas tecnologias e inovação podem ser expositores na Belo Horizonte Mini Maker Faire. Crianças, adultos, colecionadores, laboratórios de garagens, equipes acadêmicas e empresas podem mostrar para o mundo o que eles estão desenvolvendo diariamente. O foco do evento é a troca de conhecimento.

Oficinas gratuitas

Serão oferecidas oficinas gratuitas por empresas e pessoas físicas parceiras. Os Fablabs do Brasil e Laboratórios Abertos estarão presentes expondo seus maquinários e projetos com impressoras 3D, máquinas de corte a laser  etc. A finalidade deste grupo é incentivar a cultura do “Faça você mesmo” e chamar as pessoas para criar.

Márcia Andrade, gerente do P7 Criativo – que é o responsável por trazer a Maker Faire para Belo Horizonte – conta sobre a iniciativa. “É uma oportunidade única para artistas mostrarem seus trabalhos. A Finit é o lugar ideal para que a feira aconteça. O ambiente é inspirador para todo mundo interessado por tecnologia”, comemora Márcia.  No Brasil a Mini Maker Faire já foi realizada no Rio de Janeiro.

Conheça algumas atividades que serão realizadas na Belo Horizonte Mini Maker Faire

  • Exposições de projetos MAKER
  • Oficinas de arduino, eletrônica básica, papercraft, LEGO
  • Exposição de impressoras 3D e máquinas de corte a laser
  • Exposição de robôs e humanoides
  • Exposição de esculturas artísticas com LEGO
  • Hora do Código (laboratórios para aprender programação)
  • Fantasias e maquetes automatizadas
  • Divulgação de atividades de um ambiente FAB LAB
  • Palestras
  • Exposições artísticas e tecnológicas
  • Bandas de garagem

Outras informações sobre o evento você confere clicando aqui

Conheça um pouco sobre a feira

Fonte: http://www.simi.org.br/noticia/belo-horizonte-vai-receber-a-maior-feira-de-inven%C3%A7%C3%B5es-do-mundo.html

EXPO: StackIt Bahrain

Hoje começa mais uma aventura pro outro lado do mundo, na verdade, no Oriente Médio na maior exposição de LEGO por lá organizada pela StackIt. No último ano a exposição foi um sucesso e esse ano tivemos a oportunidade de sermos convidados novamente para mais um evento gigante.

Bahrain é um pequeno país insular do Golfo Pérsico, com fronteiras marítimas com o Irão a nordeste, com o Qatar a leste e com a Arábia Saudita a sudoeste. A sua capital é Manama e as únicas formas de acesso ao país são por via aérea (via Dubai) ou via terrestre. Por ser um país desértico esperamos temperaturas entre 30º e 50º durante nossa estadia. Assim como Dubai, a cidade é cheia de arranha-céus magníficos, grandes praias e cidade impressionante.

Estarei levando robôs novos e ainda não divulgados por aqui, assim como alguns que já comecei a mostrar nos últimos posts. O Gui Constantino também estará lá e levará vários robôs que já foram expostos aqui no Brasil e o mais recente Robot Remix 4 que ele venceu na competição entre MCP’s.

Não deixem de acompanhar os vídeos diários da viagem e da exposição que teremos por lá. Espero que gostem!

Volto já!

LEGO Gauntlets

Olá galerinha do mal!
Nesse último protótipo, construí uma luva que poderia lançar objetos, agarrar coisas e seria uma ótima brincadeira entre as crianças. Porém, devido umas correrias pra próxima expo, tive que desmontar e construir outros projetos. Pra não ficar sem algum tipo de documentação, siga abaixo o vídeo do funcionamento dessa criação!

Audr3y – Planta Carnívora

Já que temos um novo projeto de exposição que será em breve revelado, novos projetos devem ser apresentados também para impressionar adultos e crianças. Baseando nesse preceito, me perguntei o que fizemos de diferente que chamou a atenção dos pequenos e acabou assustando um pouco os adultos também? Um dos projetos que mais gostei de ver em funcionamento foi a cobra chamada R3ptar.

Pensando no mesmo susto que a galerinha poderia tomar por não esperar algo de um brinquedo, tive a ideia de fazer a Audr3y, uma planta carnívora que é bem calminha, até alguém chegar perto dela…

Abaixo um vídeo simples e rápido e que ainda não é o oficial, farei um vídeo sobre ele em breve.

Espero que gostem, e aí o que acharam? vai dar um sustinho?

Treinamento – Equipe TecnoRED (Brusque – SC)

Durante o último fim de semana estive com o time TecnoRED em Brusque/SC onde fui convidado para ajudar a avaliar e preparar a equipe para representar o Brasil no Mundial de Robótica na Dinamarca durante a temporada FLL Animal Allies. O fundamento de todo esse trabalho era, reavaliar a equipe e saber se com todas as alterações de melhoria e traduções de materiais a equipe ainda estava pelo menos dentro do que havia sido reconhecida durante a avaliação da etapa nacional.

Nosso foco foi conhecer melhor a apresentação da equipe, deixar que ela se julgue à partir da gravação da apresentação e à partir desse material fazer as mudanças necessárias para a evolução da equipe. Após dois dias de muita conversa e troca de informações conseguimos identificar que precisavam focar principalmente em suas missões estratégicas, processos de design, metodologias de apresentação e inovação.

Como a equipe já utilizava de várias metodologias de controle, ficou fácil mostrar como poderiam evoluir. Conseguimos conversar muito sobre esses processos, sobre as formas de evolução e documentação de suas aplicações. Um dos pontos mais importantes foi mostrá-los que se não prestarmos atenção com o que trabalhamos não teremos informação suficiente para criar uma documentação.

Até então, eles tinham ideias do que queriam colocar, mas não tinham certeza de como isso ajudaria no processo de avaliação. Graças aos mestres locais, algumas metodologias de controle já estavam sendo utilizadas, o que faltava era apenas mostrar o tanto que isso valeria para o projeto, ou seja, deixar de ter uma sala cheia de informações para transformá-las em conhecimentos agregados. Tirar as ideias da cabeça, documentá-las e transformá-las em sabedoria, sempre que possível.

Podemos saber muita coisa, mas se não soubermos como conectar esse conhecimento, ele jamais se transformará em sabedoria.

Enfim, um dia de muito aprendizado, troca e descobertas para todos. Obrigado a todos os alunos, mestres, professores, técnicos e mentores pela disponibilidade e atenção, tenho certeza que tudo o que estão fazendo fará com que esses pequenos cresçam muito profissionalmente e pessoalmente. Tenham certeza que eles serão pessoas de bem e que poderão mudar o mundo com esse incrível trabalho que vocês estão desenvolvendo!

Um “MUITO OBRIGADO” bem especial para Estela e Fabiano que foram excelentes anfitriões e que confiaram em mim para poder ajudar a preparar a equipe para esse desafio tão bacana. Grande beijo e boa sorte!

Desafio na EXPO LUGBRASIL 2017 – TRUCK TRIAL

DESAFIO TRUCK TRIAL

Olá camaradas, este é O verdadeiro desafio, aqui não tem cilada Bino!
Preparem seus caminhões para participar do desafio mais louco que vocês já participaram. Nada de ficar com construções paradas e expostas o dia todo, é aqui que separaremos os homens dos meninos! Quem tem o melhor controle sobre sua criação?

REGRAS:

O VEÍCULO
– TODOS os veículos devem se parecer com veículos reais, devem possuir o aspecto de um caminhão real
– TODAS as rodas devem ser movidas à motor, nenhuma deve ficar sem tração
– Serão aceitas construções com tração 4×4, 6×6 ou 8×8
– DEVEM possuir cabines com bancos e volantes (não precisam esterçar obrigatoriamente)
– PODEM possuir motores falsos para mostrar seu funcionamento
– TODAS as combinações de rodas poderão ser utilizadas contanto que sejam LEGO
– TODAS as funções devem ser controladas remotamente (troca de marchas, esterção e movimento)
– LARGURA máxima de 25 studs, COMPRIMENTO e ALTURA livres

SISTEMA ELÉTRICO
– TODOS os tipos de motores serão aceitos (PF, NXT, EV3 ou RC)
– APENAS baterias originais LEGO serão aceitas, nenhuma modificação será aceita
– Uso MÁXIMO de 2 motores XL para tração do veículo
– Uso MÁXIMO de 2 receptores PF
– Uso MÁXIMO de 2 baterias PF

PROIBIDO
– É proibido o uso de partes modificadas (cortes, colas, tintas, adesivos ou similares)
– É proibido o uso de quaisquer outras peças que não sejam LEGO (elásticos, cordas e tecidos serão aceitos apenas como elementos decorativos)
– O uso de suspensão ativa parcial ou inteira é proibida

PERCURSO
– As construções serão desafiadas a ultrapassar/transpor desafios como rampas (aclives/declives) fixas e móveis, cascalhos e barreiras.
– Para cada vez que o condutor precisar pegar/apoiar/levantar seu caminhão devido à queda/falta de tração uma penalidade de 5 segundos serão adicionados ao tempo total do condutor.
– Cada condutor terá um round teste e um round real para executar o percurso
– Aquele que cumprir por todo o desafio em menor tempo já com a adição das penalidades (se existirem), será o vencedor do DESAFIO TRUCK TRIAL!

PREMIAÇÕES:

SERÃO DIVULGADAS EM BREVE APÓS VERIFICAÇÃO COM ORGANIZAÇÃO
Provavelmente serão selecionados:
– Melhor (menor) tempo no cumprimento do percurso (já descontadas as penalizações)
– Melhor construção escolhida pelos visitantes

INSPIRAÇÃO:

Abaixo uma inspiração de cada cateogoria, sendo elas 8×8, 6×6 e 4×4.

MCP 2017

Uma vez por ano a LEGO seleciona os maiores divulgadores, construtores, desenvolvedores e artistas no LEGO MINDSTORMS e os convida à participar de uma comunidade conhecida como MCP (MINDSTORMS Community Partner). Esses 50 especialistas são convidados à participar de várias conversas e desafios para conseguir envolver ainda mais as comunidades locais e compartilhar suas ideias, construções e programações com o mundo, trocando experiências e dando voz aqueles que estão precisando de um empurrãozinho para a divulgação mundial.

No Brasil, existiam apenas dois candidatos representando esse seleto grupo, mas graças à todo o investimento de trabalhos e divulgações, nesse ano fui convidado à participar do grupo. Ainda estou emocionado, empolgado, e com certo nervosismo de poder participar mas muito empolgado pelas novas possibilidades. Acho que o maior nervosismo surgiu quando pude saber que além de ter sido selecionado como um dos 50 especialistas em LEGO MINDSTORMS pelo mundo, a própria LEGO e sua comunidade que me indicaram.

O mais importante para mim agora seria fazer o que sempre fiz, compartilhar o conhecimento, gerar sinapses em grupo para que todos possam ter oportunidades de aprender, empreender e crescer com elas. Ter apenas o conhecimento e não poder partilhá-lo e experimentá-lo com outros não gera a experiência necessária para se criar e inovar. Acho que essa é uma das razões pelas quais pude ser selecionado. A criação do projeto do AprendaRobótica, das divulgações e compartilhamentos de vídeos e projetos conseguiu me dar um pouquinho do espaço que sempre quis, agora é correr muito pra conseguir fazer mais e ainda melhor!

Conte comigo no que precisar, juntos faremos um mundo melhor, um dia de cada vez!